Volkswagen vai certificar carros clássicos no Brasil

0
1195

O Brasil vai ser o segundo país do mundo, a disponibilizar o Certificado de Veículos Clássicos VW. Essa iniciativa segue os passos da Volkswagen Classic Parts, sediada na Alemanha, que já concede a certidão para automóveis produzidos na Europa, Estados Unidos e Canadá.

No ano em que completa 70 anos no País, a Volkswagen do Brasil acabou de lançar o seu Certificado de Veículos Clássicos. O documento, que reconhece e exalta as características de produção de modelos clássicos fabricados em território nacional, também fornece dados originais de produção, que podem ser úteis para preservar e restaurar os veículos da marca.

Foto: Arquivo Volkswagen
Foto: Arquivo Volkswagen

Trata-se de uma autentica certidão de nascimento, emitida sempre no nome do atual proprietário do clássico. Além disso, cada certificado terá um número serial único, que garantirá a rastreabilidade e autenticidade, evitando, dessa forma, possíveis falsificações.

“Com sete décadas de história por aqui, a Volkswagen faz parte da cultura do povo brasileiro e, ao longo do tempo, criou gerações de apaixonados pela marca e por nossos veículos icônicos. Fusca, Brasília, SP2, Gol e diversos modelos que fizeram e ainda fazem parte da vida de milhares de pessoas.

Foto: Arquivo Volkswagen
Foto: Arquivo Volkswagen

Oferecer os dados de produção desses veículos no formato de um certificado é uma maneira de abraçar e valorizar esse público de entusiastas de clássicos Volkswagen, além de estimular mais pessoas a preservar e manter as características de seus clássicos, fomentando, dessa forma, o amor pela marca”, diz o CEO da Volkswagen do Brasil, Ciro Possobom.

VW Collection vai emitir certificado

O Certificado de Veículos Clássicos é emitido através do VW Collection para os veículos produzidos em nosso País que tenham pelo menos 20 anos. A Volkswagen Alemanha foi parceira na iniciativa, sendo utilizada como referência. Através dela, a Volkswagen do Brasil também teve conhecimento do interesse de colecionadores do mundo inteiro aos veículos produzidos localmente, sendo um fator adicional para a decisão da criação do certificado local, que tornou o Brasil a ser o segundo país, dentro da VW, a oferecer esse serviço aos seus clientes.

Foto: Arquivo Volkswagen
Foto: Arquivo Volkswagen

Tudo é criado a partir da base de dados de produção da marca no Brasil, que remonta às origens da operação nacional, nos anos 1950. Até o final dos anos 1980, as informações eram registradas em fichas de papel, manuscritas, que passaram por diversas modificações ao longo dos anos. Esses documentos eram preservados em microfilmes contendo milhares de fichas cada, que juntos somam cerca de 6,5 milhões de registros. Para fins de preservação, a Volkswagen agora digitalizou esses documentos, o que também viabilizou a criação dos certificados.

Foto: Arquivo Volkswagen
Foto: Arquivo Volkswagen

No momento em que o colecionador solicitar a certidão, a equipe especializada de Desenvolvimento do Produto e de Vendas vai buscar pelas informações de cada veículo em um processo praticamente artesanal, na sequência o certificado será emitido e enviado para impressão.

O documento também recebe autógrafo de autenticidade das áreas responsáveis pela preservação destes dados e também da Garagem VW, o Desenvolvimento do Veículo Completo e o Departamento de Imprensa da VWB.

Kombi Corujinha e VW Gol receberam certificados

Foto: Arquivo Volkswagen
Foto: Arquivo Volkswagen

A Kombi ‘Corujinha’ 1960, com pintura saia-e-blusa nas cores Vermelho Calipso e Branco Lótus; o TL 1972, na cor branco-lótus; e o Gol 1300, na cor Vermelho Calipso, e primeiro Gol “placa preta” da história foram os primeiros modelos do Brasil a receber Certificado VW. Eles fazem parte do Acervo da Garagem VW.

Foto: Arquivo Volkswagen
Foto: Arquivo Volkswagen

O valor arrecadado com as vendas do Certificado de Veículos Clássicos Volkswagen suportará financeiramente a Garagem VW na preservação e no restauro dos veículos do acervo histórico. Mais uma vez a montadora alemã saiu na frente e deu uma importante contribuição para o mercado de carros antigos nacional.

Foto: Arquivo Volkswagen
Foto: Arquivo Volkswagen

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui