Puma GTE brasileiro vai parar nos EUA e acaba vendido por quase R$ 100 mil

0
497

Um magnífico Puma GTE brasileiro do ano de 1974 encontrou seu caminho até os Estados Unidos, onde, por meio do site Bring a Trailer, foi arrematado por US$ 19.000 (aproximadamente 92 mil reais na cotação atual).

Puma GTE ano 1974 / Foto reprodução: Bring a Trailer
Puma GTE ano 1974 / Foto reprodução: Bring a Trailer

Restaurado com esmero em terras brasileiras e posteriormente adquirido por um residente da ensolarada Flórida em 2021, esse automóvel exibe um deslumbrante acabamento em tom laranja sobre um requintado estofamento de couro preto. Seu coração é um motor flat-four de 1.6 litros, harmoniosamente acoplado a uma transmissão manual de quatro velocidades. O veículo ostenta uma série de características notáveis, como sua carroceria em fibra de vidro, para-choques cromados, venezianas nos vidros laterais, suspensão rebaixada, elegantes rodas de liga leve de 14 polegadas, freios a disco na dianteira e um sistema de áudio com rádio e alto-falantes de reposição.

Puma GTE – Do Brasil para o mundo

A Puma, ao adquirir o chassi inicial da DKW, inicialmente projetou esse modelo. Contudo, quando a Volkswagen assumiu as operações da DKW no Brasil em 1966, a carroceria de fibra de vidro foi reconfigurada para incorporar elementos do equipamento de corrida Karmann Ghia. Este exemplar em questão foi pintado de laranja durante sua estada anterior no Brasil, exibindo com orgulho para-choques cromados, venezianas nos vidros laterais, retrovisores na cor da carroceria e distintivo GT 1600.

Puma GTE ano 1974 / Foto reprodução: Bring a Trailer
Puma GTE ano 1974 / Foto reprodução: Bring a Trailer

As rodas de liga leve, adornadas com seis raios elegantes, estão calçadas com uma combinação de pneus, medindo 185/70 na dianteira e 195/70 na traseira. Um pneu sobressalente repousa no compartimento dianteiro. A postura rebaixada do veículo adiciona um toque de esportividade, enquanto o sistema de frenagem se vale de discos na dianteira e tambores na traseira.

Interior

Os bancos da cabine, revestidos em couro preto, conferem elegância, harmonizando-se com o painel de instrumentos coordenado por cores, os painéis das portas e os tapetes. Detalhes adicionais, como um console central estofado, um distintivo botão de mudanças com logotipo da Puma, janelas de manivela e um moderno sistema de som com CD estéreo Pioneer, conectado aos alto-falantes habilmente instalados na prateleira traseira, elevam ainda mais o charme interior.

Puma GTE ano 1974 / Foto reprodução: Bring a Trailer
Puma GTE ano 1974 / Foto reprodução: Bring a Trailer

À frente do condutor, o volante Rosseti revestido em couro lidera a instrumentação distintiva da marca Puma, composta por um velocímetro que atinge até 220 km/h, um conta-giros e medidores auxiliares. O hodômetro de cinco dígitos exibe 350 quilômetros (~217 milhas), sendo que aproximadamente 300 destes foram adicionados durante a atual posse. A quilometragem total permanece um mistério.

Motor

O motor flat-four de 1.6 litros, um substituto instalado durante a gestão anterior, é alimentado por um único carburador. Como parte do serviço de preparação para a venda, foram realizadas a troca de óleo e a substituição da bateria.

Puma GTE ano 1974 / Foto reprodução: Bring a Trailer
Puma GTE ano 1974 / Foto reprodução: Bring a Trailer

Este veículo é, sem dúvida, uma joia rara que deixou as fronteiras brasileiras para iluminar os olhos dos entusiastas automotivos ao redor do mundo.

Puma GTE ano 1974 / Foto reprodução: Bring a Trailer
Puma GTE ano 1974 / Foto reprodução: Bring a Trailer
Puma GTE ano 1974 / Foto reprodução: Bring a Trailer
Puma GTE ano 1974 / Foto reprodução: Bring a Trailer
Puma GTE ano 1974 / Foto reprodução: Bring a Trailer
Puma GTE ano 1974 / Foto reprodução: Bring a Trailer
Puma GTE ano 1974 / Foto reprodução: Bring a Trailer
Puma GTE ano 1974 / Foto reprodução: Bring a Trailer

Puma, um carro com muita história

A história do carro Puma no Brasil remonta à década de 1960, quando a marca surgiu como um fabricante nacional de veículos esportivos. A Puma Automóveis, fundada pelo empresário brasileiro Rino Malzoni, inicialmente focou na produção de modelos baseados no design de carros esportivos europeus. O Puma GT, lançado em 1967, foi um dos primeiros sucessos da marca, destacando-se pelo seu estilo arrojado e desempenho esportivo. Ao longo das décadas seguintes, a Puma continuou a desenvolver uma linha diversificada de carros esportivos, ganhando destaque no cenário automotivo brasileiro.

Puma GTE ano 1974 / Foto reprodução: Bring a Trailer
Puma GTE ano 1974 / Foto reprodução: Bring a Trailer

No entanto, a marca enfrentou desafios ao longo do tempo, incluindo períodos de dificuldades financeiras e mudanças no cenário econômico. A produção de carros Puma diminuiu significativamente nas décadas de 1980 e 1990, mas a marca ainda é lembrada por entusiastas e colecionadores. Mesmo com altos e baixos em sua trajetória, o legado da Puma no Brasil permanece associado à produção de carros esportivos distintivos que marcaram uma era na indústria automotiva nacional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui